Ciclo de Entrevistas – Carlos Canedo

Chegou ao fim mais uma grande época do nosso Odivelas SAD, onde alcançámos o objectivo da subida à Divisão de Honra da AFL. Durante os próximos dias iremos publicar entrevistas com os jogadores e diversos elementos do staff do Odivelas SAD, as suas opiniões sobre esta época (ou as duas ultimas), relação com os colegas e staff e planos para a próxima época, são assuntos que irão ser falados.

A equipa do odivelasfc.com deseja a todos os odivelenses umas boas férias desportivas.


Carlos Alexandre Vieira Canedo, (mais conhecido por Canedo), 20 anos, jogador do Odivelas SAD na época 2013/2014, concede uma entrevista ao site odivelasfc.com, após ter feito uma época de grande qualidade e ter revelado a sua saída do clube.

carlos-canedo

João: Como te defines enquanto jogador? Quais consideras serem as tuas principais características em campo?
Canedo: Em primeiro Lugar queria agradecer a oportunidade de poder escrever para todos os adeptos do Odivelas, foi um prazer ter jogado neste clube. Passando à tua pergunta, João, eu não gosto de falar muito sobre mim mesmo mas enquanto jogador penso que seja um jogador humilde, que gosta de trabalhar todos os dias para chegar ao seu objectivo, só penso em vencer, mesmo que não consiga a minha cabeça só pensa em vencer, sou um jogador ambicioso, nunca estou satisfeito com o que conquisto. As minhas principais características em campo é a velocidade, penso que essa seja a minha melhor arma, e depois é a paixão que meto no jogo, a cada lance, a cada minuto. Nunca desisto!

João: Ao longo desta época, vimos-te a jogar a extremo e a lateral-direito. Em que posição gostas mais de jogar? E Porquê?
Canedo: Bem eu jogo sempre onde o treinador mandar, mas claro que tenho preferência ahah (Substituir por “deu uma gargalhada”?). Prefiro jogar a extremo, penso que com a minha velocidade consigo criar estragos! Mas por outro lado, tenho toda a gente a dizer que eu irei ter futuro é a lateral direito e é certo que tem sido aí que me tenho destacado e é onde as coisas têm aparecido.

João: Como foi a tua relação com o restante plantel? Como é que funcionaram enquanto grupo, especialmente nos momentos mais difíceis?
Canedo: A minha relação com o plantel foi óptima mesmo, onde quer que eu passe deixo sempre a minha marca, e aqui acho que não fugiu à regra, deixei amigos para a vida, tenho a certeza! O conjunto de jogadores que temos é muito bom, e aí é que foi o problema de hoje não estarmos a disputar a fase do campeão, na maioria da temporada não funcionámos como uma equipa mas sim como um conjunto de bons jogadores. Mas os momentos mais difíceis, superámos como uma GRANDE EQUIPA! Tenho a certeza absoluta que irei ver muitos destes jogadores noutros palcos, como por exemplo Paulo Matias, André Delfino, Rui Vieira, Alcides, Ivan, entre outros.

João: E o staff, de que maneira ajudou no teu trabalho? De que maneira a experiência de um ex-internacional Português (mister Luís Andrade) ajudou no teu crescimento enquanto jogador e enquanto pessoa?
Canedo: O staff aqui é muito bom. Nas condições em que nós trabalhamos, eles são uns guerreiros! A sério, sem palavras… Sr. António Sousa (Director) é o verdadeiro Odivelense, ama o clube como ninguém e sempre me ajudou imenso. Fragata (Treinador Adjunto) é das pessoas mais simpáticas e mais “queridas” com quem já trabalhei, sempre disponível para trabalhar e ajudar o próximo; Rui Saraiva (Preparador Físico) num papel mais distante, mas nem nesse papel mais distante deixou de ser importante; Sr. Jaime (Enfermeiro), não preciso de dizer nada, ele sabe o que representa para este clube. Por fim, trabalhar com o mister Andrade (Treinador Principal) foi uma experiência boa! Como diz um velho ditado português, sem ovos não se fazem omoletes, não é verdade? E o que ele conquistou no Odivelas em 2 anos seguidos, foi algo inexplicável. Com todas as dificuldades que temos, este homem vai ficar na história do clube e só tenho que lhe agradecer e desejar-lhe a maior sorte do mundo porque ele, mais do que ninguém, merece.

João: Chegou ao fim a época 2013/2014, onde conseguiram a subida à Divisão de Honra da AFL. Que balanço fazes desta época com o símbolo do Odivelas SAD ao peito?
Canedo: Bem, esta pergunta tem um sabor muito amargo, porque preferia estar a responder a uma pergunta do género “acabou a época foram campeões de tudo”, porque esta seria a pergunta correcta para este grupo, mas pronto… não deixaram mais e o principal objectivo foi cumprido, que era a subida de divisão. Individualmente faço um balanço bom e levo o clube no meu coração, porque este clube serviu de “trampolim” na minha carreira. Só tenho a agradecer.

João: Na próxima época, ouvimos dizer que vais jogar no Alcanenense que milita no Campeonato Nacional de Seniores. Como te sentes com esta nova aventura? Que perspectivas tens para o teu futuro?
Canedo: João, infelizmente não me vou poder alargar muito sobre este assunto, como deves calcular. O meu empresário está, certamente, a resolver o meu futuro. Mas quero encarar a próxima aventura, sim no Campeonato Nacional de Seniores, e quero que seja o meu ano. Espero que o meu futuro seja risonho, agradecer a Deus por tudo o que tem feito até agora, ele sabe fazer a coisa certa na hora certa. Muitas pessoas me criticaram quando vim para o ODIVELAS, mas eu não ouvi e vim como toda a alma e coração e hoje estou a ser recompensado por isso!

João: Que mensagem queres deixar a todos os Odivelenses (colegas, staff, adeptos…)?
Canedo: A mensagem que quero deixar é simples: aos meus colegas que irão continuar a carreira deles noutro clube, NUNCA DESISTAM, a porta irá abrir-se para vocês. Queria agradecer a todos pelo carinho e apoio que me deram sempre, nunca fui maltratado por ninguém e sempre ouvi palavras de incentivo por parte dos adeptos. Acreditem neste clube, lutem por ele! É só isso que quero dizer.
Mais uma vez obrigado pela oportunidade de poder escrever para todos vós!

Reportagem efetuada por João Santos.

A equipa do odivelasfc.com agradece a sua disponibilidade para esta entrevista e deseja muito sucesso pessoal e desportivo para esta nova etapa.

image_pdfimage_print